Psst! TALK TO US ON WHATSAPP! +351 91 258 88 48
0
  • No products in the cart.

  • 0
  • No products in the cart.

  • “Mas eu não sei dançar!”

    Share via:

    Rita Morais

    “Sou terrível a dançar!”

    “Tenho pé de chumbo”

    “Não sei dançar”

    Vezes sem conta ouço pessoas dizer uma ou outra versão destas frases,  com um brilhozinho nos olhos, enquanto observam os pares dançando graciosos no salão. Vezes sem conta vejo aquela cara de “nunca na vida eu seria capaz de fazer aquilo”. Vezes sem conta eu vejo convites sendo rejeitados com a desculpa de “não, a sério, não sei dançar”

    Saber dançar é normalmente visto como uma espécie de dom mágico que alguns sortudos tiveram a sorte de receber e outros, pobres sem sorte, não.

    Agora vamos pensar num outro cenário, vamos imaginar que o teu amigo te convida para uma tarde de esqui, ou kickboxing ou até acro yoga, tu nunca experimentaste nenhuma delas na vida, mas, tenho quase a certeza que a resposta andará à volta de: “Sim! Pode ser, porque não?”

    Eu sempre assumi que um dos potenciais problemas ligados a não querer experimentar dançar é o medo do ridículo. Mas, sejamos sinceros, haverá coisa mais ridícula que se espalhar ao comprido na neve a 15km por hora? Ou cair em cima do parceiro enquanto se tenta uma pose de yoga? Era esperado de ti seres bom a qualquer uma destas coisas? Não. Não era. Tu sabias que ias provavelmente ser bastante mau.

    Avançamos 1 ano, estás agora a esquiar a uma velocidade confortável, és “um” com a montanha, a neve é tua amiga. O que aconteceu? Lembras-te de quando as crianças se riam de ti quando te tentavas manter em pé mais de 5 minutos? Lembras-te quando os teus amigos tinham que abrandar e esperar por ti? Lembras-te quando costumavas ser muito mau?

    Eu acho que a maior diferença com a dança é que como é uma actividade social, divertida e, para alguns, quase instintiva, nós nos esquecemos de ver a dança pelo que realmente é: uma actividade física como qualquer outra.

    Claro que involve estar próximo de outra pessoa, talvez até um estranho. E sim, involve música e seguir um ritmo. Mas, no fundo, a dança é uma actividade física.

    E como qualquer actividade física, é preciso prática para melhorar. É preciso ser-se mau para melhorar. Claro que cada pessoa terá diferentes pontos de partida, mas não temos sempre? Em tudo na vida? Se calhar até nem és assim tão mau quando começas, se calhar és absolutamente terrível. E, também, ninguém está a pedir a iniciados para dançarem no centro do salão com um foco de luz apontado. É exactamente por isso que existem aulas de dança! As aulas de dança são lugares seguros, o objectivo é exactamente ser um pouco “menos mau” que no dia anterior, ter paciência e amor para connosco próprios e respeitar o processo.O teu corpo precisa de tempo para aprender.

     

    Portanto, da próxima vez que um amigo te disser que não sabe dançar, tenta mostrar-lhe que dançar é uma atividade física que pode ser aprendida, e não um unicórnio inatingível reservado para uns meros escolhidos abençoados pelos deuses da dança.

    Comments (1)

    Leave a Reply